jump to navigation

Dois jogos de brazucas hoje maio 12, 2007

Posted by Adriano Albuquerque in chat, Cleveland Cavaliers, Golden State Warriors, New Jersey Nets, segunda rodada, Utah Jazz, video.
trackback

Hoje, às 18 horas de Brasília, o Cleveland Cavaliers do Anderson Varejão enfrenta o New Jersey Nets fora de casa no terceiro jogo da série, com transmissão do globoesporte.com e TV Esporte Interativo, e às 21 horas o Leandrinho e o Phoenix Suns visitam o San Antonio Spurs pro jogo 3, com transmissão da ESPN Internacional. Eu estarei online para chat durante o jogo do Cavs, talvez para o jogo do Suns também.

O Cavs tem dominado o Nets completamente nos rebotes e no garrafão. O que New Jersey vai fazer? Toda a crítica americana está com mania de sugerir agora que, sempre que um time tem dificuldade nessas áreas, que comece a correr com um time mais baixo. Mas quem o Nets vai escalar então? Eddie House? Marcus Williams? Antoine Wright?

Que tal simplesmente cobrar mais de seus pivôs titulares, Jason Collins e Mikki Moore, que não têm sido capazes de buscar nenhuma sobra de arremesso? Na série contra o Toronto Raptors, eles fizeram um trabalho bem melhor em segurar Chris Bosh, que embora fosse estreante em playoffs, tem mais talento e agilidade que ambos Zydrunas Ilgauskas (pelo menos agora que o lituano está envelhecido) e Drew Gooden.

Que tal uma maior dedicação à marcação em zona? O time não consegue parar LeBron James. Isto é parte de seus problemas no garrafão: James é na verdade o melhor jogador de empostação do Cavs, o que é uma característica que o aproxima de Michael Jordan, que freqüentemente superava seus pivôs em capacidade de jogar de costas para a cesta e atacar a tabela (mas prestem atenção, eu não disse que ele é bom como MJ, é só uma característica em comum!!).

O banco do Nets também é muito fraco. Tire Bostjan Nachbar e você não tem quase nada: House é de lua e é péssimo na defesa; Williams, Josh Boone e Hassan Adams são calouros e ainda não estão preparados para carregar o time. A equipe continua muito dependente de Kidd-Carter-Jefferson, e é por isso que dificilmente vai virar esta série. Com Hughes, Pavlovic e James, o Cavs tem um trio capaz de responder no mesmo nível, e vantagem em todas as outras posições.

Mais tarde, falo de Suns x Spurs.

– Ontem o Warriors aproveitou a força da torcida e todos os seus chutes caíram. Foram 15 bolas de três pontos certeiras em 32 arremessos, é sacanagem, né não? Assim até eu.

O Don Nelson reconheceu que, com Al Harrington, o time abre a defesa do Jazz e diminui o impacto de seus pivôs no jogo. Ao mesmo tempo, a vitória de Golden State pode ser creditada à fraca atuação de Deron Williams, que havia sido espetacular nos dois primeiros jogos, e de Derek Fisher, cujo “momento” ganho no segundo jogo não continuou no segundo. Na verdade, Fisher talvez funcionasse melhor como reserva nesta série. Williams vinha cuidando bem de Baron Davis porque ambos têm características parecidas, e Fisher é o mesmo tipo de jogador que eles dois. Sem Monta Ellis no time titular do Warriors, o adversário de Fisher passa a ser Stephen Jackson ou Jason Richardson, ambos mais altos que ele. A arrumação do primeiro jogo, com Gordan Giricek no time titular, ou talvez com Matt Harpring na posição, não diminuiria a velocidade e força do Jazz, ao mesmo tempo que lhes daria um jogador mais alto e forte para marcar esses dois.

A torcida com certeza foi um fator na atuação de Williams, que deve ter sentido a pressão e a dificuldade de comunicação em meio a um oceano de amarelo e um paredão de barulho.

Agora, a enterrada de Davis em Kirilenko, que colocamos aqui no post mais cedo, lembra a de Kevin Johnson em Hakeem Olajuwon nos playoffs de 1995. KJ era muito mais baixo que Davis, Hakeem muito mais alto que Kirilenko, mas ainda se trata de um armador enterrando em cima de um excelente bloqueador, e com um movimento parecido: vindo de um corta-luz na esquerda, com o marcador (Williams) atrasado e dando espaço para a penetração; uma arrancada veloz e a chegada atrasada de Kirilenko, e Davis enterrando com a mão láááááá em cima para não dar chances ao toco. Tá aqui a enterrada do KJ caso vocês não lembrem:

Naquela série, Houston reagiu e venceu, indo até o título. Esperar um título de Utah é demais, mas acho que dá para aguardarmos uma reação do Jazz, que não deve estar nada contente com essa enterrada.

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: