jump to navigation

Por que não o League Pass também no Brasil? maio 8, 2007

Posted by Adriano Albuquerque in Globo.com, TV, video.
trackback

Mais uma vez, estou aqui na frustração tentando conectar algum canal nos p2ps da vida para assistir aos jogos dos playoffs. No fim-de-semana foi tudo tranqüilo, consegui ver os jogos numa boa, mas ontem já vi metade do jogo do Pistons x Bulls e metade do Jazz x Warriors. A outra metade foi em tentativas lentas e fracassadas de conexão.

É curioso mesmo que já estamos nos tornando cada vez mais exigentes; falamos dos “tempos de ouro” da Band mas esquecemos que eram no máximo três a quatro jogos nas melhores semanas, entre Band, ESPN e TNT (entre os que tinham tv por assinatura, claro). Nós estávamos famintos por qualquer coisa a mais que o simples material que a ESPN estava oferecendo. Aí os programas de p2p começaram a aparecer e fomos vendo mais jogos, apareceu o globoesporte.com e há pouco a tv esporte interativo, e as tecnologias ainda melhoraram ainda mais para varmos essas transmissões via internet às vezes sem falhas. E tudo isso nos deixa querendo ainda mais. Agora que vimos como é poder assistir a um jogo todos os dias, queremos mais.

Ao mesmo tempo, a gente sabe que a NBA odeia que seus jogos estejam sendo retransmitidos pela internet sem sua autorização, roubando vários consumidores em potencial de seu NBA League Pass, o pacote que permite a um assinante ver qualquer jogo pela tv a cabo ou pela internet.

Por que então – oh Deus por que – a NBA não contra-ataca lançando o pacote do League Pass para o resto do mundo? Eu acredito que por um tempo a Directv tinha um esquema desse tipo, mas nunca soube bem como funcionava. De qualquer forma, uma iniciativa destas não poderia ajudar a esvaziar os programas de p2p? Nesta semana, a liga anunciou a criação de uma loja virtual de vídeos de jogos completos a US$ 3 cada. Você não pagaria US$ 3 por jogo se tivesse a opção de fazer um pay-per-view no globo.com ou na directv? Cria pacotes para ver todos, não precisa nem ter narração. Faz um pacote para quem só quer ver as transmissões especiais, semanais, com narração em português. Manda um programinha especial também, uma mesa redonda no meio. Tira das opções somente os jogos que terão transmissão pelas tvs, espn e esporte interativo, para não prejudicar sua audiência.

Será que o retorno do basquete e da NBA está tão baixo assim que um acordo desses não tenha aparecido ainda? Será que a liga não vê que esse momento de aceleração de trocas de informação globais é o momento oportuno para aproveitar com mais do que simples vts; é hora de promover a ‘nova NBA’? Ou é simplesmente algo já sendo discutido para acontecer mas ainda passa pelos entraves dos homens do poder da mídia de massa do Brasil?

Tudo o que eu sei é o seguinte: agora que eu já vi jogos todos os dias durante uma semana e pude ver muito mais do que já via, eu não estou contente em ter de continuar a caçar canais duvidosos pela internet. Pagaria US$ 3 (ei, o dólar comercial está em R$ 2,02!) por jogo mole. E tenho certeza que vários de vocês também o fariam. E com um sinal garantido como o da nba, seria muito melhor.

Comentários»

1. Andrezão - abril 1, 2008

Deus te ouça, mais a conexão aqui em casa não suporta estas transmissões. já que 200Kbps não da para ver nada.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: