jump to navigation

Que jogaço! maio 2, 2007

Posted by Adriano Albuquerque in Dallas Mavericks, Golden State Warriors, Sam Mitchell.
trackback

O Mavericks evitou a eliminação e ganhou do Warriors por 118 a 112. Isso porque o Golden State estava à frente por 112 a 103 com pouco mais de 3 minutos por jogar! O Nowitzki finalmente jogou nos minutos finais, fazendo duas cestas de 3 enormes, um tocão em cima do Matt Barnes e alguns lances livres nos segundos finais. Calou todo mundo que estava criticando.  Terminou com 30 pontos e 12 rebotes.

O armador Devin Harris também foi enorme. A marcação estava focada no Nowitzki, no Josh Howard e no Jason Terry, então ele aproveitou, foi pra cima e fez bandejas, além de arrancar faltas. Do outro lado, o Harris não largou o Baron Davis, ficou em cima na marcação, e o Terry também fez um ótimo trabalho nas dobras. Davis marcou 13 pontos no terceiro quarto e estava bem no quarto quarto também, até que a marcação dupla começou a tirá-lo do jogo, e ele cometeu uma sexta falta que o tirou do jogo nos segundos finais, justamente quando seu time precisava de suas jogadas decisivas.

O Warriors acabou vítima de seu próprio ritmo frenético de jogo. Em vez de administrar a vantagem nos minutos finais, eles continuaram a correr e chutar de 3 de qualquer jeito. Isso permitiu a reação do Dallas. No final, aconteceu o mesmo da última derrota do Warriors em Texas: Davis de fora com seis faltas, Stephen Jackson expulso com uma falta técnica no final por ter batido palmas.

Agora, o Warriors está sob pressão, pois se eles perdem em casa, terão de vencer de novo em Dallas, e agora o Mavs está com o momento a seu favor. Por outro lado, não é tanta coisa para se preocupar assim:

1- o time vai ter aquela torcida barulhentíssima a seu favor, que venceu o jogo para eles no último domingo, e vai poder se alimentar dessa energia;

2- uma derrota não elimina o Warriors, não é o fim do mundo. Para o Mavs, é;

3- o Warriors já venceu em Dallas e esteve perto de vencer de novo hoje. Ou seja, eles ainda conseguiram fazer quase tudo o que quiseram nesta série.

Por isso, acho que o jogo 6 na quinta-feira vai ser um JOGARAÇO. Vamos ver o que acontece.

Eu queria só fazer mais um comentário sobre o jogo do Nets x Raptors: o técnico Sam Mitchell, do Raptors, mostrou porque recebeu o prêmio de Técnico do Ano ao mudar o time e colocar o Bargnani e o Morris Peterson como titulares. É claro, ele ainda cometeu o erro de tirar o Bosh quando ele fez 2 faltas e de novo quando fez 4, deixando-o de fora por muito tempo e o esfriando para o final; esse tipo de substituição de pânico é desnecessária e faz exatamente o que o time adversário quer: tira o jogador de quadra por longos períodos de tempo e, quando ele volta, ele está frio e com medo de cometer faltas. Bons jogadores sabem jogar pendurados; se Bosh não sabe, deixe-o aprender. Afinal, que diferença faz perder com ele eliminado por seis faltas e perder com ele em quadra, só que sem ritmo de jogo?

Então, o panorama está assim:

LESTE: Toronto 2 x 3 New Jersey (jogo 6 na sexta em Nova Jérsei); Cleveland aguarda o vencedor para enfrentar na segunda rodada; segunda rodada: Detroit x Chicago (primeiro jogo em Detroit, provavelmente no domingo)

OESTE: Dallas 2 x 3 Golden State (jogo 6 na quinta em Oakland); Phoenix 3 x 1 L.A. (jogo 5 nesta quarta em Phoenix); San Antonio 3 x 1 Denver (jogo 5 nesta quarta em San Antonio); Utah 2 x 3 Houston (jogo 6 na quinta em Houston)

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: