jump to navigation

As 10 melhores séries de primeira rodada abril 21, 2007

Posted by Adriano Albuquerque in playoffs, primeira rodada.
trackback

A primeira rodada dos playoffs de 2007 começam neste sábado, e isso me fez lembrar que no ano passado tivemos uma primeira rodada excelente: uma série brigada e física entre Miami e Chicago, uma série repleta de jogos decididos por pouco entre Cleveland e Washington e entre San Antonio e Sacramento e sete jogos de uma série eletrizante entre Phoenix e Los Angeles Lakers. Então eu tava pensando, nos últimos 10 anos, quais foram as melhores séries de primeira rodada? Eis a minha lista:

10- Dallas Mavericks 3 x 2 Utah Jazz – 2001

O jovem e emergente time do Mavericks chegou aos playoffs pela primeira vez após sua reformulação e encontrou um veterano e favorito time do Utah, que impôs seu estilo mais lento e venceu os dois primeiros jogos em casa. Dallas reagiu com duas boas vitórias lideradas pelo trio Dirk Nowitzki-Steve Nash-Michael Finley. Jogando fora de casa, o Mavs virou uma diferença de 15 pontos no primeiro tempo com 33 pontos de Finley e o pivô reserva Calvin Booth foi o improvável herói com uma bandeja que deu a vitória por 84 a 83 no jogo 5.

9- New Jersey Nets 3 x 2 Indiana Pacers – 2002

O Nets era o primeiro cabeça-de-chave do Leste, mas o Pacers se segurou e levou a série ao quinto jogo. A partida decisiva teve uma atuação inesquecível de Reggie Miller, com cesta de empate no soar da sirene do tempo regulamentar e uma enterrada que empatou o jogo na prorrogação. New Jersey venceu na segunda prorrogação, com o Indiana já sem vários jogadores, eliminados por falta.

8- Seattle SuperSonics 3 x 2 Minnesota Timberwolves – 1998

O Sonics jogava seu primeiro ano sem Shawn Kemp, mas tinha Vin Baker em seu lugar; o Minnesota Timberwolves tinha a promissora dupla Stephon Marbury e Kevin Garnett. O Wolves perdeu o primeiro jogo, virou a série e poderia fechá-la em casa, mas o Sonics escapou com uma vitória apertada no jogo 4. De volta a Seattle, o SuperSonics anulou Garnett e Marbury e seguiu rumo à segunda rodada.

7- Cleveland Cavaliers 4 x 2 Washington Wizards – 2006

Um belo duelo ofensivo entre LeBron James e Gilbert Arenas, com três jogos muito acirrados decididos por cestas nos finais dos jogos. James correspondeu às expectativas e fez duas cestas vitoriosas para o Cavs, além de desestabilizar Arenas na cobrança de dois lances livres cruciais na prorrogação do jogo 6. “Se você errar, nós vamos vencer”, disse James; Arenas errou, e Damon Jones fez a cesta de três que venceu o jogo em seguida.

6- New York Knicks 3 x 2 Miami Heat – 1998

A forte rivalidade e ódio entre as duas equipes já existia desde as semifinais de conferência do ano anterior, mas aumentou em 98. Mesmo sem Patrick Ewing, lesionado, o Knicks equilibrou a série contra o favorito Heat. No jogo 4, aconteceu a histórica briga entre Alonzo Mourning em que o técnico Jeff Van Gundy se jogou nas pernas de Mourning para segurá-lo. Mourning e Johnson foram suspensos para o último jogo, em que o Knicks abriu 20 pontos de vantagem no intervalo, mas o armador Tim Hardaway acertava tudo de três pontos e liderou uma reação no último quarto que deixou Miami dois pontos atrás a quatro minutos do fim. New York arrancou com 11 pontos seguidos e eliminou o rival.

5- Dallas Mavericks 4 x 3 Portland Trail Blazers – 2003

Dallas fez a melhor campanha da NBA e o Blazers chegou aos playoffs em queda, e a série era considerada fácil para o Mavs, o que foi confirmado por três vitórias seguidas para abrir o confronto. No entanto, Portland venceu os três jogos seguintes com grandes atuações de Zach Randolph e surpreendentemente empatou a série, levando ao sétimo jogo. Porém, a vantagem no mando de quadra era do Dallas e a equipe também contou com grande atuação do “sexto homem” Nick Van Exel para evitar a primeira virada de um time da NBA após perder por 3 a 0.

4- Detroit Pistons 4 x 3 Orlando Magic – 2003

Tracy McGrady começou a série impossível e o Magic saltou a uma liderança de 3 a 1, dando a impressão de que se tornaria o terceiro oitavo cabeça-de-chave a derrotar um primeiro colocado. O Pistons respondeu se fechando na defesa e contando com cestas decisivas de Chauncey Billups para empatar a série. No jogo 7, em Detroit, o então calouro Tayshaun Prince se tornou herói ao parar T-Mac na defesa e marcar 20 pontos, incluindo a cesta que empatou o jogo e forçou a prorrogação, vencida pelo Pistons.

3- Dallas Mavericks 4 x 3 Houston Rockets – 2005

Uma série de vai-e-volta que teve muita emoção. O Rockets venceu os dois primeiros jogos fora de casa, incluindo cestas decisivas e uma enterrada monstra de Tracy McGrady sobre Shawn Bradley. Porém, o Mavericks respondeu na mesma moeda com duas vitórias em Houston. Nas três partidas seguintes, o time da casa venceu cada um dos jogos, e o Mavs teve o mando de quadra no decisivo jogo 7, em que dominou e venceu por 40 pontos. McGrady e Yao tiveram grandes atuações pelo Houston, mas não tiveram o apoio necessário dos companheiros.

2- New York Knicks 3 x 2 Miami Heat – 1999

Esta série é histórica por ser a segunda ocasião em que um time oitavo colocado eliminou um primeiro, um feito ainda mais difícil hoje em dia pelo aumento da duração da primeira rodada para melhor-de-sete jogos. Novamente, o Knicks chegou sem o pivô Patrick Ewing, mas isso só pareceu fortalecer o time, que venceu dois dos primeiros três jogos para tomar a ponta na série. O Knicks poderia vencer o jogo 4 em casa no Madison Square Garden, mas permitiu a virada do Heat. O jogo 5 foi disputado em Miami, e foi equilibrado e tenso por toda sua duração. Com New York atrás por um ponto com poucos segundos restando, o ala-armador Allan Houston penetrou o garrafão e acertou o arremesso da vitória no estouro do relógio, para choque da torcida local. O triunfo motivou o Knicks, que chegou à decisão da NBA e foi derrotado pelo San Antonio Spurs.

1- Phoenix Suns 4 x 3 Los Angeles Lakers – 2006

Como superar uma série como esta? Começou com o Lakers fazendo o inesperado – mudando seu estilo de jogar e obtendo sucesso. Diminuiu o ritmo, distribuiu mais a bola em vez de atacar só com Kobe Bryant e jogou agressivamente, com vários lances ríspidos e discussões. O Lakers venceu uma partida memorável em casa no jogo 4, com cestas decisivas de Bryant para empatar o jogo no tempo normal e vencer na prorrogação, e L.A. abriu 3 a 1. No jogo 5, em Phoenix, o ala-armador Raja Bell, do Suns, cansou da troca de cotoveladas com Kobe e o derrubou no chão, sendo expulso e suspenso. O choque, porém, acordou o Suns e deu espaço ao brazuca Leandrinho, que fez a diferença para o time voltar a atacar com velocidade. No jogo 6, Kobe colocou o time nas costas e quase conseguiu outra grande virada no quarto período, mas o Suns empatou com uma cesta de três pontos de Tim Thomas e forçou a prorrogação, em que continuou com a mão quente e em velocidade e venceu. No jogo 7, Bryant sumiu, e Phoenix dominou completamente o rival para seguir às semifinais do Oeste.

E aí, qual foi a sua série de primeira rodada favorita? Deixe aí seus comentários…

Daqui a pouco começa!

Comentários»

1. linelson - abril 21, 2007

Esse Cleveland Cavaliers x Washington Wizards, em 2006, foi realmnete sensacional. Vi esse jogo ao vivo, Arenas tava possuído, inclusive acertando um arremesso de 3 do meio da rua q levou o jogo à prorrogação. E não é ele que erra o lance livre decisivo e o Cavs vence! Isso deve ter sido muito frustante para o Agente 0


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: